A “gota de água mais pura do mundo” foi descoberta recentemente!

04/19/2019  —  By

Entenda a descoberta da gota de água mais pura do mundo: as promessas de comerciais de produtos de limpeza levaram um estudo a ser iniciado para comprovar se os tais realmente eliminam 99% de impurezas. A engenheira física Ulrike Diebold, que também é professora no Instituto de Física Aplicada de Viena, na Áustria, comandou um experimento que fez a criação de uma gota de água pura, livre de rastro sobre a superfície.

De acordo com a engenheira, quantidades mínimas de impurezas que dissolvem na água, ainda aderem à superfície, ou seja, o que é visto é  sujeira e não os átomos da superfície, o que ressalta como é difícil se deparar com uma amostra completamente pura, por meio de um microscópio. O objetivo de sua  pesquisa é descobrir como a água interage com as demais superfícies.

No início dos testes, a engenheira escolheu o dióxido de titânio (TiO2) como superfície, o que geralmente é usado para projetar superfícies com capacidade de autolimpeza e protegida de bactérias, como por exemplo, vidros autolimpantes.

Ao contrário do que alguns estudos sugerem, o experimento revelou que a estrutura não muda em contato com a água. O que na verdade muda é a camada de moléculas que se apresentam em quantidades ínfimas pelo ar, o que prova que a água não altera o TiO2 mas sim, que o “suja.

Leia também: Visitar cavernas pode ser algo letal. Entenda o motivo.

De acordo com Diebold, foi criada por sua equipe a “gota de água mais pura do mundo” que não colabora com nenhum tipo de contaminação  onde cai. Sua solução ultrapura evita contato com o ar, conforme os cientistas introduzem o vapor de água purificada em uma câmara de vácuo, com  um minúsculo cone metálico resfriado a 140°C negativos presente. Dessa forma, o vapor encontrado no interior da câmara congela e dá a formação de um iceberg milimétrico. abaixo deste bloco de gelo, é colocada uma atmosfera de TiO2, já limpa à vácuo na escala atômica. Então, a temperatura é elevada fazendo com que o gelo derreta e forme uma gota de água superpura. Em contato com a superfície e eliminada em seguida, nada restou, comprovando toda a ausência de impureza e sem qualquer rastros das moléculas.

É interessante deixar claro que não é saudável ingerir a água superpura, já que comparando com a água potável, seria preciso alguns minerais presentes para que se 19possa beber e esta água do experimento não carrega tais componentes. Portanto, a gota mais pura do mundo é recomendada somente para pesquisas.