Para a tristeza de muitos torcedores, hoje, o Brasil perde a copa para a uma mega  geração de futebol  da Bélgica, que acaba caindo nas quartas de final da Copa Mundial

For da Copa do Mundo na Rússia exatamente nesta sexta-feira, na Arena Kazan, o adversário do Brasil, Bélgica surpreendeu com dois gols logo no primeiro tempo. Mesmo tendo recebido um gol adversário no segundo, o time  não deixou a poeira baixar e garantiu a  sua com 2 a 1.

A seleção  brasileira, desta vez, comandada por Tite, que atravessou sua segunda derrota na seleção brasileira, teve uma boa atuação, apesar de muitos rumores.  não teve uma má atuação.

O time ainda é pentacampeã e vítima de  derrotas para europeus como a  França, em 2006,  Holanda em 2010 e o fiasco em Alemanha e Holanda (ambas em 2014).

Hoje, que entra na história de derrotas do Brasil, é a Bélgica, se igualando a copa de 1986. Vale lembrar que no primeiro tempo com duas oportunidades nas cobranças de escanteio, mandadas na trave por Thiago Silva. Mesmo sem marcação, Paulinho também chutou em direção ao gol.

Então, a partida foi composta por  Fernandinho, aos  12 minutos,  também em escanteio, desviando o braço contra o próprio gol,  deixando Alisson sem reação. A vantagem da Bélgica, no começo, não desviou a atenção do Brasil. Gabriel Jesus criou a oportunidade, mas foi travado por Kompany.

Leia também: Confira a lista de lançamentos para julho no Netflix e surpreenda-se!

Então, um contra-ataque iniciado por Lukaku  marcou o segundo gol  da Bélgica aos 31 minutos.

Tite achou por bem eliminar Willian e colocar Roberto Firmino na escalação enquanto Douglas Costa entrou no lugar de Gabriel Jesus.

Bélgica avançou ainda mais na etapa final com Hazard, chutando cruzado,  com a bola indo para fora. Aos 31 minutos,  Bélgica sofreu o primeiro gol onde Coutinho cruzou na medida e Renato Augusto marcou o gol de cabeça.  Contudo, Renato Augusto perdeu a oportunidade  de gol aos 35 minutos e Neymar, após quatro minutos, surgiu pela esquerda, cruzou para trás, mas Coutinho acabou chutando sem  rumo.

Resumo: Brasil volta para a casa com o placar de 2 a 1 para Bélgica, no dia seis de julho de 2018, plena sexta-feira, onde o jogo foi realizado na Arena Kazam e teve como árbitro: Mirolad Mazic (SER)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui