A película que custa centavos e promete refrigerar as casas no verão (sem eletricidade)

01/30/2018  —  By

Dois engenheiros da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, desenvolveram uma solução ainda mais simples: trata-se de uma película – tecnológica e sustentável!– que substitui o ar-condicionado.

Anunciada na revista Science, a invenção de Ronggui Yang e Xiabo Yin tem a mesma eficiência dos aparelhos que usamos hoje, com a diferença de que não necessita de energia elétrica e nem de gases de refrigeração para funcionar. Basta instalar a película – feita de vidro e plástico – no telhado da casa e ela promete refletir a luz solar, evitando o aquecimento.

Segundo os fabricantes, o poder de refrigeração da tecnologia é de 93 watts por metro quadrado, em caso de incidência solar – e, de noite, o efeito é ainda maior por conta da ausência do sol! Os pesquisadores garantem que 20 metros quadrados de película são suficientes para manter a temperatura de uma casa em 20°C num dia em que os termômetros marcam 37°C. Aí sim!  

E o melhor ainda não contamos: o material, quando estiver à venda, deve ter custo de produção de cerca de US$ 0,50 por metro quadrado. Ou seja, acessível a boa parte da população. Pode vir, verão… Estamos prontos!

Fonte: thegreenestpost